Segunda-feira, 8 de Dezembro de 2008

A chave...

Foi-me algures bem sugerido,

que deveria fechar a cadeado,

tudo aquilo que me foi oferecido,

e que eu com pena havia guardado,

e a chave tinha que esconder,

ou então simplesmente deitar fora,

para ser mais fácil assim esquecer,

ou virar as costas e vir embora,

assim não cairia na tentação,

no decurso de uma recaída,

de recordar com mais atenção,

sendo essa a única saída,

mas qualquer cadeado pode ser aberto,

sem ser necessário ter a chave original,

e assim tudo ficará a descoberto,

mesmo que tenha sido feito com mal,

eis então este meu dilema,

no qual me encontro a pensar,

eu necessito de resolver este problema,

não posso muito mais adiar...

 

publicado por almariano às 01:29
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Velucia a 8 de Dezembro de 2008 às 01:46
Olá amigo

Depois que li isto venho dar uma dica...

Não precisa deitar fora o cadeado
Sabemos que ele abre sem chave original
Pense bem e resolva de uma vez o problema
Queime tudo afinal
Queime a caixa com o passado
Queime junto o cadeado
Queime a chave também
Deste passado que tanto te faz mal.
Lembranças do passado...
Ah! lembranças do passado!
Podemos o lembrar
Mas sem que ele nos faça mal.
De catchingdreams a 8 de Dezembro de 2008 às 11:31
Não pode apagar da memória algo que no fundo
não quer esquecer!

Esse cadeado que você quer fechar tão sigilosamente,
vai se abrir inúmeras vezes mais …
O melhor seria deixa-lo aberto! Não se limite apenas
a fugir dele como que nunca tivesse existido.
Passe o que se passar o seu coração é forte,
ele melhor que ninguém lhe irá dizer o seu caminho.
Um dia quando menos esperar tudo apenas fora uma
simples memória que passou na sua vida.
Mas esta já sem dor, magoa, raiva …

Boa semana
jinho



P.S. só pude responder agora amigo, o meu PC está mesmo
a pedir a reforma -.-
De manu a 8 de Dezembro de 2008 às 13:42
liberta-te desse cadeado
deixa vir a ti a memória
tudo vai ser superado
quando chegar a hora

falo por experiência
também sofri como tu
faz uso da paciência
como fez aqui o Manu

o passado já passou
mas está sempre presente
na nossa memória viva

é algo que não se superou
que faz parte da gente
e da nossa memória é cativa

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 33 seguidores

.pesquisar

.Janeiro 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Feliz Natal

. Vitória....

. Ò Vento.....

. será......

. Misto de devaneios passad...

. Ser feliz no amor....

. Sei...

. Hoje....

. PALAVRAS....

. FELIZ NATAL

. Vivo....

. Sou....

. Ausente...

. Vida é amar...

. Nada dura....

. Um mundo....

. Uma forma de viver.....

. No silêncio da noite.....

. Perdido...

. Páscoa

. Um dia....

. Procuro.....

. Segunda oportunidade....

. Vida......

. Página.......

. renascer.........

. Ausente....

. Vento.........

. A luz........

. Cupido....

. Será....

. Um sonho......

. Semáforos....

. Lições da vida....

. Vivendo........

. Tristeza.......

. No fundo do báu....

. Falta inspiração....

. Amiga especial....

. palavras sem nexo...

. A resposta............

. Uma amizade...........

. Maresia...

. 1º aniversário...

. Noite mágica....

. Loool...

. Neve e mais neve...

. Prémio Blog de Ouro...

. Cantar os reis...

. Bom tempo...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Fevereiro 2015

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Maio 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Dezembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Janeiro 2008

.contador

.visitors

Locations of visitors to this page

.tradutor

blogs SAPO

.subscrever feeds